Funcionário reintegrado na Harsco é reeleito para nova gestão da Cipa

Valdir, o funcionário reintegrado Francisco, o advogado trabalhista Alison Montoani, e Celinho, em frente à Gerdau, onde está instalada a Harsco

Valdir, o funcionário reintegrado Francisco, o advogado trabalhista Alison Montoani, e Celinho, em frente à Gerdau, onde está instalada a Harsco

Os trabalhadores da Harsco elegeram nessa sexta-feira, dia 15, os novos membros da Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Ao todo, foram 37 votos que elegeram dois membros: José Humberto Jerônimo (titular, com 16 votos), e Francisco Martins Barros Júnior (suplente, com 12 votos).

O Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT acompanhou a votação. O dirigente sindical na Harsco, Valdir Augusto, fiscalizou todo o processo.

Valdir comemorou a eleição de Francisco Martins Barros, que havia sido reintegrado por decisão da Justiça do Trabalho no dia 30 de junho (foto acima mostra dia da reintegração).

Uma das exigências da Justiça era que Francisco tivesse a garantia de participar do processo eleitoral da nova Cipa.

A direção do sindicato deseja aos membros uma boa gestão da Cipa.

Veja também:

Sindicato conquista reintegração na Harsco, terceirizada da Gerdau