Torto já está de volta à atividade sindical

O dirigente sindical Francisco Marçal-Torto

O dirigente sindical Francisco Marçal-Torto

A direção do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT comemora o retorno do dirigente sindical Francisco Marçal, o “Torto”, à atividade sindical. Em abril, ele sofreu um infarto, chegou a ficar nove dias em coma induzido e se afastou para tratamento médico.

Nessa terça-feira, dia 5, ele já retornou às suas atividades no sindicato e participou da primeira de rodada de negociação da FEM-CUT/SP com a bancada patronal do Grupo 2, ao qual pertence a Tenaris Confab, fábrica onde é dirigente sindical.

“Eu nasci de novo. Agradeço muito todas as orações. É muito bom estar de volta com os companheiros e logo estarei na fábrica também”, disse.

Torto é o dirigente sindical mais antigo da atual direção. Está em seu sexto mandato, com 18 anos de experiência. Neste mandato, integra o conselho fiscal da entidade.

 Veja também:

FEM-CUT/SP e Grupo 2 debatem pauta e fecham calendário