Momento da Mulher homenageia Dona Dalva, que venceu o câncer de mama

Evento pela campanha Outubro Rosa também será realizado no dia 27 em Moreira César

2016_10_20 Momento da Mulher-Outubro Rosa_5964_1

O Momento da Mulher, realizado nessa quinta-feira, dia 20, no Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba, levou informação e também emocionou as participantes com o depoimento de quem já superou o câncer de mama, como a Dona Dalva, mãe do presidente Herivelto Vela, que foi homenageada.

O Momento da Mulher, evento da campanha Outubro Rosa, contou com palestras sobre autoexame, nutrição, acupuntura como tratamento complementar, autoestima e a tarde da beleza, com dicas de maquiagem, entre outras atividades. O evento será realizado também no dia 27, na subsede de Moreira César. Ainda há vagas. Informações pelo telefone 3637-3634.

Para uma das organizadoras, a terapeuta Márcia Souza, do Espaço Zen Terapias, o evento na sede cumpriu a meta de levar conhecimento.  “Muitas vezes a pessoa não sabe como é o autoexame e a mamografia. Quanto antes for detectado o câncer, as chances de cura são muito maiores. Agradeço ao sindicato por ser um parceiro nessa luta de conscientização e a todas as palestrantes que também têm abraçado a causa”, disse.

Vela entrega rosas a sua mãe Dalva Moraes

Vela entrega rosas a sua mãe Dalva Moraes

O evento homenageou Dalva dos Santos Moraes, mãe do presidente Herivelto Moraes – Vela. Dona Dalva teve um câncer de mama há dez anos e fez um depoimento no Momento da Mulher.

“Quando recebi o diagnóstico ficaram todos apavorados. Essa doença, antigamente, nem se falava o nome, de medo. O dia mais difícil foi quando a médica falou que eu tinha que fazer o tratamento e que eu iria perder os cabelos. Mas creio muito na religião, isso me deu força e graças a Deus eu superei. A pessoa que tiver alguém na família, não se apavore, dê força pra essa pessoa, porque hoje as chances de cura são maiores, tem a possibilidade de estar aqui como eu estou”, disse Dalva.

 

Multiplicadores

Andréa, Cecília, Madalena, Maria da Paixão e Márcia Souza

Andréa, Cecília, Madalena, Maria da Paixão e Márcia Souza

Segundo a secretária da Mulher da FEM-CUT/SP, Andréa Souza, a Federação tem um coletivo de mulheres e esse trabalho de fomentar a discussão sobre a prevenção do câncer de mama é feito em todos os sindicatos filiados.

“Hoje aqui nós temos esse número de mulheres, elas vão levar essa informação e isso no mínimo vai se multiplicar por três. Os metalúrgicos e metalúrgicas do Estado de São Paulo estão envolvidos para que essa campanha realmente tenha o sucesso que a gente quer, que é esse trabalho de formiguinha que se multiplica”, disse Andréa.

A assessora da FEM-CUT/SP, Maria da Paixão, também participou.

 

Homens também na luta

O Departamento da Mulher do sindicato também tem um homem na sua composição. Caio Fabretti fala da importância dos maridos também aderirem à campanha.

“É uma luta de todos. É importante os maridos estarem atentos, perguntarem se suas esposas estão fazendo o autoexame. E não podemos ignorar que já foram registrados casos também de homens com câncer de mama. Em nome do sindicato, agradeço a todos os parceiros por terem tornado esse evento possível.”

A sindicalista Maria Auxiliadora não pôde participar por conta de problemas de saúde na família.

2016_10_18 Cartilha Campanha Outubro Rosa-capa.indd

 

Momento da palestra da nutricionista Tabata Bortman, ao centro

Momento da palestra da nutricionista Tabata Bortman, ao centro

Tarde da beleza contou com técnicas de maquiagem e várias outras atividades

Tarde da beleza contou com técnicas de maquiagem e várias outras atividades

Lenços arrecadados irão para a Casa Gesto, de Taubaté

Lenços arrecadados irão para a Casa Gesto, de Taubaté