Metalúrgicos revertem demissão de sindicalistas na Tenaris Confab

Os dirigentes sindicais Carlos Alberto Barbosa - Pentelho e Paulo Donizete Moreira - Paulinho, ambos da Tenaris Confab Tubos

Os dirigentes sindicais Carlos Alberto Barbosa – Pentelho e Paulo Donizete Moreira – Paulinho, ambos da Tenaris Confab Tubos

Nessa quarta-feira, dia 25, o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT conseguiu reverter a demissão de dois sindicalistas na Tenaris Confab – unidade Tubos.

Carlos Alberto da Silva – “Pentelho” e Paulo Donizete Moreira – “Paulinho” haviam sido dispensados arbitrariamente pela direção da empresa uma semana atrás, dia 18, sob o argumento de estarem aposentados. No mesmo dia, um protesto foi realizado na portaria da Tenaris Confab e um comunicado de greve foi aprovado pelos trabalhadores.

Após horas de discussão em duas reuniões e uma greve iminente, a demissões foram revertidas. Em reunião na sede do sindicato nessa quarta-feira, a direção da Tenaris Confab reconheceu o erro, assim como a representação do Comitê Sindical de Empresa e se comprometeu em readmitir Pentelho e Paulinho. Eles serão reintegrados ao quadro de funcionários e ficarão de licença remunerada (com o salário pago pela empresa), a serviço da entidade sindical.

A decisão foi comemorada pela categoria. “O ideal seria que a empresa não cometesse nenhuma prática antissindical, mas felizmente, com ação rápida do sindicato, conseguimos reverter. A empresa entendeu, reavaliou a questão e colaborou na negociação. A tensão foi grande. A produção está muito baixa e tudo fica mais complicado nesses momentos. Parabéns a todos os dirigentes e aos trabalhadores que colaboraram com o protesto”, disse o presidente Renato Marcondes, “Mamão”.

 

Carta do Sindicato entregue a Vicentinho fez efeito

Na mesma reunião a direção da Tenaris Confab informou que um importante pedido da Petrobrás para o Rota 3, que havia sido cancelado, foi retomado, com previsão para dezembro. O gasoduto de 307 km interligará a área de Franco, na cessão onerosa de Santos, a Maricá, no Rio de Janeiro.

Direção de Pinda no escritório do deputado Vicentinho do PT, em São Paulo, entregando a carta (crédito da foto: Divulgação)

Direção de Pinda no escritório do deputado Vicentinho do PT, em São Paulo, entregando a carta (crédito da foto: Divulgação)

No dia 28 de março, dirigentes sindicais de base da Tenaris Confab entregaram uma carta elaborada pelo sindicato ao deputado Vicentinho, líder do PT na Câmara dos Deputados, para que fosse encaminhada à presidenta Dilma Rousseff. O documento pedia a valorização do mercado nacional e a preservação de empregos em Pinda.

Renato Mamão ressaltou a importância de uma entidade sindical buscar o melhor para a categoria. “Nossa primeira meta é preservar emprego e tudo que pudermos fazer nesse sentido nós vamos atrás. A carta foi entregue à Dilma pelas mãos do Vicentinho e fez efeito. Por enquanto a situação ainda é difícil, mas já temos um novo horizonte. Por isso também é importante a categoria ter representação no Congresso e o Vicentinho é um deputado que realmente defende os trabalhadores, defende os metalúrgicos”, disse Mamão.

Veja também:

Vicentinho do PT visita Confab Tubos e Equipamentos

Sindicato busca apoio para a Confab no Congresso