Metalúrgicos de Pinda apoiam campanha Novembro Azul

Campanha Novembro Azul.Insituto Lado a Lado pela Vida

Após a campanha Outubro Rosa, de prevenção do câncer de mama, o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT está apoiando a campanha Novembro Azul, de prevenção do câncer de próstata.

O câncer de próstata é o câncer mais frequente entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não menaloma. Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa é de que, em 2014, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, ou seja, a descoberta de um caso a cada 7,6 minutos.

A divulgação do Novembro Azul segue orientação da Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT em São Paulo (FEM-CUT/SP) que pediu a todos os 14 sindicatos filiados que apoiem a campanha.

O Novembro Azul é desenvolvido pelo Instituto Lado a Lado pela Vida e pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) e já faz parte do calendário nacional das campanhas de prevenção no Brasil. O objetivo é combater a doença e, principalmente, motivar a população masculina a fazer exames preventivos.

Segundo Carlos Corradi Fonseca, presidente da SBU, depois do aparecimento dos sintomas, mais de 95% dos casos de câncer de próstata já se encontram em fase avançada, por isso, é importante o exame regular através do toque retal e do PSA periodicamente.

A SBU recomenda que homens a partir de 50 anos procurem seu urologista para discutir a prática e a realização da avaliação. Aqueles com maior risco da doença (história familiar, raça negra) devem procurar o urologista a partir dos 45 anos. Os exames consistem na dosagem sérica do PSA e no exame digital retal, com periodicidade anual.

Esta prática está relacionada à diminuição de cerca de 21% na mortalidade pela doença em estudos de grande porte e longo segmento.

Sobre o Câncer de Próstata

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas, de forma e tamanho semelhantes a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais frequente em homens, após os tumores de pele. A doença pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes para não ser descoberta em estágio avançado e potencialmente fatal. Ela acontece quando as células deste órgão começam a se multiplicar de forma desordenada. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de próstata é o sexto tipo mais comum de câncer no Brasil.

Fonte: Com informações da FEM-CUT/SP, do Instituto Lado a Lado pela vida e da Sociedade Brasileira de Urologia