Trabalhadores da Incomisa param produção contra atrasos de salário

Funcionários ficaram três horas parados para pressionar empresa

Trabalhadores cruzaram os braços dentro no interior da fábrica

Trabalhadores cruzaram os braços dentro no interior da fábrica

Os trabalhadores da Incomisa paralisaram a produção por três horas nessa quinta-feira, dia 20, em protesto aos frequentes atrasos de salário que têm ocorrido na empresa.

Os trabalhadores cruzaram os braços dentro da fábrica assim que souberam que, mais uma vez, o pagamento não tinha sido efetuado no dia certo. Eles ficaram junto com dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba até que a direção financeira da empresa viesse conversar com a categoria.

Para o dirigente sindical André Dantis, a pressão foi importante.

“Todo mês esse problema, no vale e no pagamento. As contas não esperam. A empresa prometeu fazer o pagamento o quanto antes e agora ela sabe, que se o próximo pagamento atrasar vai ter paralisação de novo”, disse.

A Incomisa emprega 320 trabalhadores na fabricação de estruturas metálicas.