Pindamonhangaba inicia vacinação contra Covid-19

Sindicato participa de coletiva de imprensa que vacinou os primeiros profissionais da saúde

Pindamonhangaba iniciou, nesta quinta-feira, dia 21, a imunização contra Covid-19. O Sindicato dos Metalúrgicos participou da coletiva de imprensa que registrou a aplicação.

As duas primeiras doses foram aplicadas no fisioterapeuta da Rede de Urgência Covid-19, dr. André Horta Nasser Mantovani, e na médica coordenadora da Rede de Urgência Covid-19, dra. Bruna Ribeiro de Campos Monteiro. Ambos trabalham no Hospital Campanha Cidade Nova e nas UPAs Araretama e Moreira César.

O fisioterapeuta dr. André Nasser e a médica dra. Bruna Monteiro, foram os primeiros; ambos trabalham na linha de frente, no hospital de campanha

Ainda hoje, tem início a vacinação dos demais profissionais da saúde que estão atuando na linha de frente. No total, 1800 doses foram recebidas pela Prefeitura neste primeiro lote. Ainda não foi divulgada pelo Ministério da Saúde a data dos próximos lotes de vacinas.

Para organização dos trabalhos e mais eficiência, a Secretaria de Saúde realizou uma triagem técnica dos profissionais de saúde que serão vacinados neste primeiro lote.

O prefeito em exercício Ricardo Piorino acompanhou a chegada do caminhão com as vacinas, na noite de quarta-feira (20), e o primeiro dia de vacinação, ao lado da secretária de Saúde Valéria dos Santos, e destacou a importância deste momento.

“Hoje é um dia muito importante para todos nós, o início da vacinação contra a covid-19 em Pindamonhangaba. Essa data acende uma esperança enorme para todos, estamos entrando na reta final na luta contra essa doença, com muita esperança. Temos que continuar firmes, nos protegendo, todos usando máscara e evitando aglomerações”, enfatizou.

Mesmo à distância, o prefeito Isael Domingues está acompanhando as ações do início da imunização em Pindamonhangaba.

“Estamos todos muito felizes e esperançosos com este início de imunização em nossa cidade. Venho recebendo informações do Ricardo Piorino, diariamente, e estamos no aguardo do Ministério da Saúde para que novos lotes da vacina cheguem a Pindamonhangaba”, comentou.