Trabalhadores entram greve na Confab Equipamentos pela Campanha Salarial

Metalúrgicos aprovaram greve em assembleia e logo em seguida retornaram para suas casas

Metalúrgicos aprovaram greve em assembleia e logo em seguida retornaram para suas casas

Os trabalhadores da Confab Equipamentos entraram em greve nesta terça-feira, dia 16, pela Campanha Salarial.

A categoria aprovou a greve por aumento real de salário em assembleia realizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT e retornou para suas casas logo em seguida.

Segundo o presidente do sindicato, Renato Marcondes – Mamão, a greve ocorre por tempo indeterminado. “Os trabalhadores aprovaram a greve praticamente por unanimidade. E assim será até que a direção da Confab apresente uma proposta que contemple a reivindicação da categoria”, disse Mamão.

Estacionamento da Confab Moreira vazio com greve deflagrada pela categoria

Estacionamento da Confab Moreira vazio com greve deflagrada pela categoria

Para o dirigente sindical Vicente Caetano – Serrinha, a greve retrata um momento histórico. “Trabalho há 16 anos nessa fábrica e pela primeira vez está ocorrendo uma greve. Os companheiros estão de parabéns pela união. É assim que conseguiremos avançar”, disse.

Até o momento, a proposta apresentada pela bancada patronal do Grupo 2, do qual a Confab pertence, à FEM-CUT/SP (Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT em São Paulo) não contempla nem o índice de reposição das perdas da inflação, que fechou em 6,35%. A direção da Confab ainda não se manifestou para o sindicato.

A Confab Equipamentos emprega cerca de 1.200 trabalhadores no distrito de Moreira César.

Galeria de fotos: