Trabalhadores da Incomisa conquistam abono, PLR e jornada

Trabalhadores aprovam acordo do aumento salarial, com abono, mais PLR e a tão esperada jornada do "sábado sim, sábado não"

Trabalhadores aprovam acordo do aumento salarial, com abono, mais PLR e a tão esperada jornada do “sábado sim, sábado não”

Os trabalhadores da Incomisa aprovaram nessa segunda-feira, dia 30, a proposta de dissídio coletivo.

Além do aumento de salário, o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT também negociou outras pautas com a direção da empresa.

Foi conquistado um abono salarial, que foi maior do que o do ano passado, uma PLR (Participação nos Lucros e Resultados) também maior que a de 2012 e que terá o pagamento da primeira parcela no dia 31 de outubro, e a implantação da chamada jornada de “sábado sim, sábado não”, muito reivindicada pelos trabalhadores.

A assembleia ocorreu logo após o Ministério do Trabalho e Emprego conceder uma portaria à Incomisa autorizando a jornada com o horário de refeição reduzido para meia hora.

A jornada será de três turnos, das 7h às 15h30, das 15h20 às 23h36 e das 23h30 às 7h17 e começará a valer a partir do dia 16 de outubro.

O dirigente sindical da Incomisa, André Luis Dantis, parabenizou a categoria pela mobilização. “Foram várias reuniões e sempre que foi preciso o trabalhador da Incomisa mostrou união na porta da fábrica. Isso foi fundamental para conseguirmos um bom acordo nessa campanha salarial”, disse André.

Ao centro os dirigentes Sérgio da Silva, que também participou das negociações, e André Dantis apresentam a proposta aos trabalhadores

Ao centro, os dirigentes Sérgio da Silva (que também participou das negociações) e André Dantis apresentam a proposta aos trabalhadores

 

Trabalhadores do turno da tarde também aprovaram por unanimidade a proposta conquistada

Trabalhadores do turno da tarde também aprovaram por unanimidade a proposta conquistada