Trabalhadores da Harsco conquistam aumento de 10% na PPR

Metas de produção foram mantidas

Trabalhadores aprovaram por unanimidade

Trabalhadores aprovaram por unanimidade

Os trabalhadores da Harsco, empresa terceira dentro da Gerdau, aprovaram em assembleia nessa sexta-feira, dia 5, a proposta da PPR (Programa de Participação nos Resultados) que será 10% maior do que o ano passado.

O valor total poderá chegar a R$ 3.127,00. A primeira parcela, sem metas, será paga dia 30 de julho, e a segunda, com metas, em janeiro de 2018.

Segundo o dirigente sindical Valdir Augusto mesmo com aumento do valor foi possível manter as metas de produção. “A empresa queria dar 3%, mas com negociação conseguimos melhorar. Parabéns para os trabalhadores, especialmente a Comissão de PPR. Ano a ano temos conquistado avanços nessa questão”, disse Valdir.

O dirigente sindical Valdir Augusto

O dirigente sindical Valdir Augusto