Trabalhadores da Bundy fazem greve contra aumento no convênio médico

Trabalhadores aprovam em assembleia início da greve contra aumento no custo do convênio médico

Trabalhadores aprovam em assembleia início da greve contra aumento no custo do convênio médico

Os trabalhadores da Bundy fizeram greve nessa sexta-feira, dia 27, contra o aumento no custo do novo convênio médico.

Desde janeiro, quando a empresa informou que o plano de saúde não seria renovado, o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT tenta negociar algum outro plano que não aumente o custo para os trabalhadores, tento em vista que o salário de grande parte dos funcionários é o piso da categoria.

Mesmo depois do comunicado de greve ter sido protocolado na terça-feira, dia 24, a empresa não apresentou proposta nem intenção de mudar sua escolha do plano. “O problema é que não aumentou só a mensalidade. Muitos serviços que antes o plano cobria integralmente agora o trabalhador vai ter que pagar, como radiografias, outros exames e também o atendimento para crianças menores de 12 anos. Pra quem tem filhos, vai pesar bastante”, disse José Ivanez – Gato, dirigente sindical na Bundy.

Ao microfone, o dirigente sindical José Ivanez - Gato

Ao microfone, o dirigente sindical José Ivanez – Gato

A paralisação começou às 6h dessa sexta-feira. Até às 9h, a direção do sindicato ainda aguardou, junto com a categoria, por algum sinal de negociação por parte da empresa, o que não ocorreu, e os trabalhadores retornaram para suas casas. No turno da tarde, eles também foram embora e a produção permanece paralisada.

Além do convênio, a pauta de reivindicações discute erros na estrutura de cargos e salários e a recusa da empresa em realizar as reuniões da comissão de PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

A Bundy emprega hoje cerca de 350 funcionários na fabricação de peças de alumínio para o setor de refrigeração, no Distrito Industrial Santa Rita, próximo à rodovia Presidente Dutra.

Trabalhadores do turno da tarde também aderiram à greve e foram embora nessa sexta-feira

Trabalhadores do turno da tarde também aderiram à greve e foram embora nessa sexta-feira

Galeria de fotos