Trabalhadores da Appiani aprovam proposta da campanha salarial

Situação ainda complicada na antiga Martifer, mas categoria terá aumento real de salário

Assembleia aprovou nova proposta nessa segunda-feira

Assembleia aprovou nova proposta nessa segunda-feira

Os trabalhadores da Appiani Steel (antiga Martifer) aprovaram nessa segunda-feira, dia 18, a proposta da Campanha Salarial.

Três dias antes, na sexta-feira, eles haviam aprovado a entrega de um comunicado de greve por uma nova proposta. Outra paralisação já havia ocorrido em outubro.

Os trabalhadores receberão uma bonificação de R$ 200 no dia 5 de janeiro. A categoria terá aumento real de salário, ao total será aplicado 3%, mas o prazo será mais longo em função da situação financeira da empresa, que ainda está em recuperação judicial.

No dia 20 de fevereiro, a empresa irá aplicar 3% de aumento e começará a pagar o reajuste da inflação, de 1,73%, referente ao retroativo à data-base – 1º de setembro. O plano de pagamento do retroativo terminará em maio. A empresa se comprometeu em pagar uma nova bonificação em junho, ainda a ser negociada.

Segundo o dirigente sindical Vicente Caetano – Serrinha, a nova proposta foi aprovada por grande maioria. “A produção tem melhorado, mas o que pesou na negociação foi a demanda de pedidos para o futuro, que é boa. Os trabalhadores entendem a situação da empresa, mas também não vão deixar de pressionar para receberem o que é direito deles. Vamos continuar cobrando para que a empresa cumpra o que promete e regularize tudo o que falta, inclusive as rescisões trabalhistas dos demitidos”, disse.

A Appiani emprega cerca de 200 trabalhadores na fabricação de estruturas metálicas.

2017_12_18 Appiani.Assembleia que aprovou proposta salário_1047

2017_12_18 Appiani.Assembleia que aprovou proposta salário_1089

2017_12_18 Appiani.Assembleia que aprovou proposta salário_1061

2017_12_18 Appiani.Assembleia que aprovou proposta salário_1099