Trabalhadores aprovam acordo de abono salarial e PLR na Incomisa

Categoria aprova nova proposta em assembleia nesta terça-feira, dia 10 (Crédito: Divulgação)

Categoria aprova nova proposta em assembleia nesta terça-feira, dia 10 (Crédito: Divulgação)

Os trabalhadores da Incomisa aprovaram nesta terça-feira, dia 7, a proposta da Campanha Salarial deste ano em conjunto com a PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

Ao total, cada funcionário receberá R$ 2.200, sendo R$ 1.800 no próximo dia 31 e o restante no dia 28 de fevereiro do ano que vem.

De acordo com o secretário de finanças do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT, Sérgio da Silva, o acordo foi melhor do que o de 2013, quando também foi negociado aumento salarial junto com a PLR.

“O trabalhador gostou, esse ano continuamos nesse formado e conquistamos mais 10% no valor, sem contar o aumento real que ainda será definido com a bancada patronal do Grupo 8. O interessante também é que a primeira parcela da PLR equivale a 73% do total da PLR, bem acima dos 50% que é feito normalmente”, disse Sérgio.

Para o dirigente sindical André Dantis, a assembleia demonstra a satisfação do trabalhador, que já havia reprovado a primeira proposta da empresa. “O trabalhador manteve a união, protestou quando foi preciso e conquistou melhorias. É isso que a gente sempre busca”, disse.

O índice da inflação, de 6,35%, já foi repassado com pagamento retroativo à data-base da categoria, dia 1º de setembro.

A Incomisa emprega cerca de 400 funcionários na construção de estruturas metálicas.