Sindicato sedia Programa de Apoio ao Desempregado

Celso Antunes e Dyego Aguiar, no posto permanente da Inove, na sede do sindicato

Celso Antunes e Dyego Aguiar, no posto permanente da Inove, na sede do sindicato

Em fevereiro terá início o Proad (Programa de Apoio ao Desempregado), realizado pela parceria entre o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT e a escola Inove Cursos Profissionalizantes.

O programa irá oferecer 60 bolsas para cursos de operador de ponte rolante, empilhadeira, retro-escavadeira e pá-carregadeira. Os cursos serão totalmente gratuitos para os participantes. O único custo será a doação de dois quilos de arroz, que serão destinados a entidade sociais de Pinda.

Para participar, é necessário que o desempregado esteja há mais de seis meses sem registro em carteira.

Segundo o secretário de Formação do sindicato, Celso Antunes, o critério de seis meses desempregado foi criado para atender ao caráter social do projeto.

“O programa vai atender pessoas que já não recebem o seguro-desemprego, ou seja, vai dar uma chance justamente para aqueles que mais precisam, que estão com muita dificuldade de voltar ao mercado de trabalho e não tem nenhuma condição de se qualificar. Agradeço ao Dyego da Inove, uma grande parceira do sindicato, por tornar isso possível”, disse.

 

Para se inscrever

O prazo de inscrições será de 24 a 28 de fevereiro, com início das aulas no dia seguinte.

As inscrições serão feitas pela equipe permanente da Inove na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, que fica localizada à rua Sete de Setembro, 232, centro de Pinda.

É necessário estar desempregado há pelo menos seis meses e levar no dia da inscrição RG, CPF, comprovante de endereço e histórico escolar.

O preenchimento das vagas será por ordem de chegada e podem participar pessoas de toda a região. Informações: (12) 3642-8243 ou pelo site www.cursosinove.com.br.