Sindicato convoca categoria para assembleia da Campanha Salarial

Assembleia será nesta sexta-feira (28), a partir das 17h30, e irá definir a pauta de reivindicações

Plenária da FEM-CUT/SP, na cidade de São Carlos (foto Foguinho/Imprensa SMetal Sorocaba)

O Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba convoca toda a categoria para participar da assembleia que dará início à Campanha Salarial 2019.

A assembleia irá votar a pauta de reivindicações que será entregue às bancadas patronais, na sede da Fiesp, em São Paulo.

A assembleia será feita em primeira chamada às 17h30 e, em segunda chamada, às 18h, na sede provisória do sindicato que fica localizada à Av. Albuquerque Lins, 125, centro (em frente ao PAT). A data-base da categoria é 1º de setembro.

A pauta de reivindicações foi elabora durante plenária da Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT (FEM-CUT/SP), que ocorreu no dia 8 de junho, em São Carlos.

Marcelo Pepeo e Nilson Conceição, junto a dirigentes de Salto e Itu na plenária

Pinda participou por meio dos dirigentes Marcelo – Pepeo e Nilson Conceição, que foram eleitos membros da FEM-CUT/SP, que discutiram a necessidade da categoria junto a sindicalistas de todo o Estado de São Paulo.

As sugestões e eixos deliberados na plenária estão sendo levados para aprovação dos trabalhadores em assembleias em cada sindicato, assim como essa convocada em Pinda.

O presidente da FEM/CUT, Luiz Carlos da Silva Dias, o Luizão, lembrou que como alguns grupos fecharam Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) por dois anos, neste ano, serão elaboradas dois tipos de pautas de reivindicações.

“No Sindicel, Sindratar, Sifesp, Grupo 2 e Grupo 3, teremos uma pauta parcial, com foco nas cláusulas econômicas. Já nos demais grupos patronais, serão negociadas também as cláusulas sociais por dois anos”, explicou.


Luizão, presidente da FEM-CUT/SP (foto Foguinho/Imprensa SMetal Sorocaba)