Sindicato busca envolver a família do trabalhador

O companheiro Eduardo, da Tecn-Serv, foi um dos vários metalúrgicos que levaram a família para os eventos organizados pelo sindicato no 1º de Maio

O companheiro Eduardo, da Tecn-Serv, foi um dos vários metalúrgicos que levaram a família para os eventos organizados pelo sindicato no 1º de Maio

Em suas ações, o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT sempre procura envolver a família do trabalhador, pois entende que a família é o pilar de nossa sociedade.

Não é difícil ouvir nos discursos de porta de fábrica algum dirigente sindical falando do trabalhador não apenas como um funcionário ou um mero número de matrícula, mas sim como um pai de família, que precisa levar o sustento pra casa e deve ser respeitado como tal.

No mesmo sentido, grande parte dos serviços do sindicato são direcionados à família do metalúrgico, como o Clube de Campo, a Colônia de Férias e as os eventos e parcerias feitas pelo sindicato. Nas confraternizações realizadas pelo Dia do Trabalhador, foi marcante a presença das famílias dos sócios.

“Tanto aqui no sindicato quanto nas festas por fábrica, muitos levaram a esposa, os filhos, o que era o nosso objetivo. Esse envolvimento com a família ajuda até na discussão sobre as bandeiras de luta da categoria e também outras campanhas, como o fim do preconceito contra a mulher”, disse Renato Mamão, presidente do sindicato.