Reunião do G2 vai acontecer com Confab Equipamentos no 3º dia de greve

Ao centro, o presidente da FEM-CUT/SP, Valmir Marques, o Biro Biro, durante uma das rodadas de negociação já realizadas em São Paulo (Crédito: Adonis Guerra)

Ao centro, o presidente da FEM-CUT/SP, Valmir Marques, o Biro Biro, durante uma das rodadas de negociação já realizadas em São Paulo (Crédito: Adonis Guerra)

A fábrica Confab Equipamentos continua em greve. Até o momento não há nenhuma proposta da direção da empresa ao Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT sobre a Campanha Salarial. Os trabalhadores novamente retornaram para suas casas.

Hoje, às 15h, tem nova rodada de negociação entre a bancada patronal do Grupo 2 (Máquinas e Eletrônicas) e a FEM-CUT/SP (Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT em SP), na sede Fiesp.

A reunião foi marcada no dia que a greve da Confab Equipamentos foi deflagrada, após reuniões canceladas e mais de 20 dias sem nenhum retorno do patronal. A fábrica emprega cerca de 1.200 trabalhadores.

O índice de inflação do período fechou em 6,35%, reajuste que a bancada patronal do G2 ainda não aceitou pagar.