Processo da Confab aguarda avaliação da Justiça para ser homologado

Procedimentos do sindicato foram os mesmos de outros processos, que demoraram menos pra pagar

Assembleia que aprovou acordo ocorreu no dia 22 de maio, mas ainda hoje não se tem uma data exata para pagamento

Assembleia que aprovou acordo ocorreu no dia 22 de maio, mas ainda hoje não se tem uma data exata para pagamento

O Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba informa que o acordo do processo de periculosidade e insalubridade da Confab está sendo avaliado pela Justiça, que irá decidir sobre sua homologação.

A minuta do acordo está protocolada na Justiça do Trabalho de Pindamonhangaba. Após a homologação, haverá uma data exata para pagamento.

A assembleia que aprovou o acordo ocorreu no dia 22 de maio. O Departamento Jurídico do sindicato esclarece que tudo aquilo que dependeu da entidade foi feito da forma mais rápida e transparente possível.

Os procedimentos adotados foram rigorosamente os mesmos utilizados em outros processos semelhantes. Recentemente, um processo com a mesma reivindicação, mas em outra fábrica, teve seu pagamento dois meses após a assembleia.

A demora no andamento do processo por parte da empresa foi motivo de protesto na portaria da fábrica no dia 24 de agosto. No momento, resta apenas aguardar a avaliação da Justiça do Trabalho.

O processo da Confab é motivo de disputa judicial entre o sindicato e a direção da Confab há 25 anos, envolve 2.100 funcionários das unidades Confab Tubos, Confab Equipamentos e Tenaris Coating que trabalharam em funções perigosas ou prejudiciais à saúde (periculosidade e insalubridade) e que foram contemplados na sentença e acórdão dos processos 650/1991, 651/1991 e 466/2005.

O sindicato continua fazendo atendimento especial sobre o processo na sede da entidade às sextas-feiras, das 9h às 12h.