Plantão jurídico sobre o processo da Confab vai até o dia 20 de abril

Agora já há data prevista para consulta sobre os casos de revisão

Sindicato conseguiu antecipar pagamento, que começou na Caixa Econômica Federal e agora é feito direto na sede do sindicato

Sindicato conseguiu antecipar pagamento, que começou na Caixa Econômica Federal e agora é feito direto na sede do sindicato

O processo coletivo de periculosidade e insalubridade da Tenaris Confab, que durou 25 anos, está injetando R$ 34 milhões na economia do município.

Após sete dias de pagamento na Caixa Econômica Federal, agora ele é feito direto no Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba, que continua com atendimento intensificado.

O plantão do Departamento Jurídico vai até o dia 20 de abril, das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30. Nos dias 14 e 17 não haverá expediente em função dos feriados. Cerca de 200 pessoas ainda não foram receber.

Essa primeira etapa envolve 1.278 pessoas, que já constavam na listagem, concordaram com o valor e assinaram a documentação.

“Conseguimos iniciar o pagamento um mês antes do prazo. São R$ 34 milhões que já estão contribuindo com o comércio da nossa cidade. Após tanta luta, ver a felicidade dos trabalhadores recebendo o que é deles por direito é muito gratificante”, disse o presidente Herivelto Vela.

Além das pessoas que já assinaram a documentação, ainda restam 500 que têm direito a receber e ainda não compareceram no sindicato para consultar o valor.

Casos de revisão poderão ser consultados a partir do dia 2 de maio e casos de quem está fora da lista podem ser consultados a partir de 12 de junho.

Uma página no site do sindicato mantém instruções atualizadas sobre o processo: sindmetalpinda.com.br/processoconfab.

A sede do sindicato fica localizada à Rua Sete de Setembro, 232/246, centro de Pindamonhangaba/SP.