Paralisações na Novelis conquistam reajuste integral da inflação e adicional na PPR

Trabalhadores aprovam proposta alcançada após duas paralisações feitas neste mês pela Campanha Salarial

Trabalhadores aprovam proposta alcançada após duas paralisações feitas neste mês pela Campanha Salarial

Os trabalhadores da Novelis aprovaram em assembleia nessa terça-feira, dia 20, a nova proposta da Campanha Salarial alcançada após duas paralisações feitas neste mês.

Veja o vídeo.

Os funcionários já receberão na próxima folha de pagamento o reajuste total de reposição da inflação, calculada em 9,88% para o período da data-base da categoria, 1º de setembro.

O acordo negociado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT também garante aos trabalhadores um adicional de 0,2 do salário na segunda parcela da PPR (Programa de Participação nos Resultados) além de melhoria em uma das metas, o que tornou o atingimento mais fácil de ser alcançado. O fechamento da PPR será realizado em março.

De acordo com o coordenador do Comitê Sindical Novelis, Odirley Prado, na assembleia, a categoria escolheu esse formato ao invés de um valor de abono.

“Se comparar o valor real que o trabalhador vai receber, considerando também que parte do abono fica no imposto de renda, esse ganho na PPR pode chegar a mais que o dobro do abono. E não havia nenhuma dessas propostas. Elas só saíram com a mobilização. Parabéns aos trabalhadores”, disse.

A Novelis emprega cerca de 1.100 trabalhadores na produção de chapas de alumínio.

O coordenador do Comitê Sindical Novelis, Odirley Prado, durante assembleia nesta terça-feira

O coordenador do Comitê Sindical Novelis, Odirley Prado, durante assembleia nesta terça-feira