Metalúrgicos votam proposta da Campanha Salarial nesta segunda

Assembleia será na sede provisória do sindicato, a partir das 17h30



Paralisação na Gerdau que ocorreu em agosto; várias fábricas tiveram atos para pressionar os grupos patronais

O Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba convoca toda a categoria para participar da assembleia geral que decidirá sobre a proposta da Campanha Salarial 2018 na próxima segunda-feira, dia 5.

Segundo o presidente do sindicato Herivelto Vela, as paralisações realizadas em Pinda e nas cidades dos demais sindicatos filiados à FEM-CUT/SP (Federação dos Metalúrgicos da CUT no Estado de São Paulo) possibilitaram que a negociação chegasse a uma proposta sobre o reajuste salarial e sobre a Convenção Coletiva de Trabalho, que garante direitos específicos dos metalúrgicos.

Herivelto Vela, durante paralisação na Novelis, em outubro

“Foram vários atos, pressionando os patrões. Após meses de muita intransigência, agora todos os grupos patronais, de vários segmentos, chegaram na mesma proposta. Chegou o momento de discutir ela com a categoria aqui de Pinda para a Federação decidir se homologa ou não. Quem decide é o trabalhador”, disse Vela.

A assembleia será realizada em primeira chamada às 17h30, em segunda chamada às 18h, na sede provisória do sindicato, localizada à avenida Albuquerque Lins, 125, centro, em frente ao PAT.

Veja a palavra do presidente da FEM-CUT/SP para Pindamonhangaba:


Comboio com os ônibus da Gerdau pela Campanha Salarial, realizado no dia 26 de outubro

Direção reunida após ato na Novelis, em outubro

Ato na Confab, em setembro

Edital publicado nessa quinta-feira, dia 1º de novembro