Martifer fará lay-off para 80 funcionários

Ao microfone, Herivelto - Vela; em negociação com a fábrica, sindicato conseguiu evitar demissões (crédito da foto: Benedito Irineu)

Ao microfone, Herivelto – Vela; em negociação com a fábrica, sindicato conseguiu evitar demissões (crédito da foto: Benedito Irineu)

Os trabalhadores da Martifer aprovaram em assembleia nessa quinta-feira, dia 18, a implantação de lay-off para 80 dos cerca de 300 funcionários, o que corresponde a 27% do efetivo.

O lay-off (suspensão do contrato de trabalho) terá prazo de dois a cinco meses, conforme a necessidade. De acordo com o secretário geral do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT, Herivelto Moraes – Vela, o sindicato já estava acompanhando a situação de baixa produção na empresa.

“A princípio iria ocorrer um grande número de demissões, mas houve negociação, a direção da empresa nos mostrou como está a sua demanda de pedidos, o sindicato insistiu pelo lay-off e a empresa aceitou fazer. Um acordo conquistado na mesa de negociação que foi aprovado por unanimidade pelos trabalhadores”, disse Vela.

A Martifer atua no ramo de estruturas metálicas e fica localizada no distrito de Moreira César, próximo à Gerdau.