FEM-CUT/SP elogia postura democrática dos Metalúrgicos de Pinda

Hoje Pinda é comparada com o ABC pela decisão que tomou de intensificar a organização no local de trabalho

2016_02_19 Assembleia Geral Eleitoral_0636

Pula-Pula, presidente Renato Mamão, secretário geral Herivelto Vela e Biro-Biro

A Assembleia Geral Eleitoral, que instalou a eleição no Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT no dia 19 de fevereiro, contou com a presença de representantes da FEM-CUT/SP (Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT no Estado de São Paulo) e de outros sindicatos, que comemoraram a continuidade da postura democrática na entidade. Pinda já implantou o modelo de CSE – Comitê Sindical por Empresa, que é o que há de mais moderno em organização no local de trabalho. Veja os depoimentos de Pula-Pula e Biro-Biro que compuseram a mesa na assembleia.

2016_02_19 Assembleia Geral Eleitoral_0636 - Cópia

 

“O Brasil tem mais de 40 mil sindicatos. Pinda é um dos poucos sindicatos que faz essa ação de democracia. Eu sou do ABC. Lá nós já estamos com esse modelo desde 2002 e eu digo pra vocês com muita tranquilidade, esse sindicato está no mesmo nível. Não deve nada para a linha de construção de organização do trabalhador através da base. A prova está aqui, no sindicato lotado.”

Edivaldo José de Moura – Pula Pula

Secretário Políticas Sociais – FEM-CUT/SP

 

 

2016_02_19 Assembleia Geral Eleitoral_0629_1

 

“Não são todos os sindicatos que têm esse mesmo procedimento, que todo sindicato deveria fazer. Quando vejo um sindicato com essa postura só tenho a ficar feliz e esperançoso. Quero parabenizar o companheiro Mamão, juntamente com sua direção, que têm cumprido uma importante tarefa nesses anos e conclui o mandato com grande crédito pela luta feita nesse período.”

Walmir Marques – Biro-Biro

Vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté

Foi um grande incentivador e contribuiu na implantação do CSE em Pinda e em outros sindicatos quando foi presidente da FEM-CUT/SP