Deputado Vicentinho do PT visita Novelis e Confab Tubos

Vicentinho junto a diretores do sindicato na portaria da Confab Tubos, fábrica que retomou sua produção após uma carta ter sido entregue à Presidência da República pelas mãos do deputado pedindo a valorização do mercado nacional

Vicentinho junto a diretores do sindicato na portaria da Confab Tubos, fábrica que retomou sua produção após uma carta ter sido entregue à Presidência da República pelas mãos do deputado pedindo a valorização do mercado nacional

O deputado federal Vicentinho do PT esteve novamente em Pindamonhangaba nessa terça-feira, dia 9. O líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados visitou as fábricas Novelis e Tenaris Confab Tubos.

Dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT acompanharam a visita do deputado, que é candidato à reeleição.

Em contato com a redação do Sindmetalpinda, Vicentinho contou seu histórico como metalúrgico, sindicalista, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, presidente nacional da CUT, e deputado federal por três mandatos.

“Tenho atuado firmemente em defesa dos trabalhadores, como, por exemplo, o projeto que proíbe o poder público de comprar carro importado, porque tem que gerar emprego no Brasil e não na China, ou em outros países. Também o projeto que obriga que as montadoras tenham que ter pelo menos 70% de peças fabricadas no Brasil. Fui relator das 40 horas semanais, tenho um projeto que lida com a questão do assédio moral no trabalho, e inclusive para outras categorias, como o projeto que proíbe que os motoristas de ônibus acumulem a função de cobrador”, disse Vicentinho.

Também acompanhou a visita o sindicalista Carlinhos Casé, que é candidato a deputado estadual.

PLR. Muito comentada no meio metalúrgico, a medida que isentou o pagamento do Imposto de Renda sobre a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) também foi uma das questões citadas na entrevista com o deputado, que falou de sua expectativa do projeto ser aprovado na sua totalidade. A medida entrou em vigor em janeiro de 2013.

“Embora tenha entrado como medida provisória para a isenção até o teto de seis mil reais, esse projeto vai além disso. Ele vale para qualquer salário como também para o um terço que você recebe a mais nas férias e também para o abono salarial”, explicou.

Confab. Vicentinho também comemorou o fato de a Tenaris Confab ter retomado um pedido de produção, após uma carta feita pelo sindicato ter sido enviada por Vicentinho para a Presidência da República pedindo medidas para valorizar o mercado nacional.

“A presidenta Dilma está muito sensível a essas questões. Tem uma outra candidata aí que não quer valorizar a produção nacional. Isso é muito sério. A retomada de produção da Confab foi uma das melhores notícias, afinal de contas, é um governo que está ouvindo o nosso povo. Mais do que isso, o empresário que investir no Brasil, ele vai ganhar. Ele não pode ter dúvida quanto a isso, e no final, é emprego gerado para os trabalhadores e tranquilidade para suas famílias”.

Vicentinho em conversa com trabalhadores na portaria da Novelis

Vicentinho em conversa com trabalhadores na portaria da Novelis