Confab Equipamentos entra no segundo dia de greve

Após trabalhadores da produção voltarem para suas casas, sindicato conversa com setor administrativo, que também foi embora

Após trabalhadores da produção voltarem para suas casas, sindicato conversa com setor administrativo, que também foi embora

A greve na fábrica Confab Equipamentos entrou para o segundo dia nesta quarta-feira, dia 17, pela Campanha Salarial.

Como não há nenhuma proposta da empresa até o momento, o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT conversou com os trabalhadores e eles decidiram retornar para suas casas assim que chegaram. Pouco depois, os trabalhadores do setor administrativo também foram embora. Essa unidade da Tenaris Confab permanece completamente paralisada.

Segundo o presidente do sindicato, Renato Marcondes – Mamão, uma reunião com a direção da empresa pode ocorrer hoje. “A alta direção da fábrica já está aqui e a bancada patronal do Grupo 2 abriu agenda de negociação com a Federação. É prova de que a pressão feita com a greve já está dando resultado”, disse Mamão.

Nessa quarta-feira, dia da greve, a bancada patronal do Grupo 2, ao qual a Confab pertence, abriu agenda de negociação com a FEM-CUT/SP (Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT em São Paulo), o que não ocorria há mais de 20 dias. A próxima rodada será nessa quinta-feira, dia 18, na sede da Fiesp. O Grupo 2 envolve o maior número de trabalhadores em negociação nesta Campanha Salarial, com 89 mil metalúrgicos em todo o Estado.

A Confab Equipamentos emprega cerca de 1.200 trabalhadores no distrito de Moreira César.

Sindicalistas metalúrgicos e apoio de outras categorias mantém presença constante nas portarias da fábrica

Sindicalistas metalúrgicos e apoio de outras categorias mantém presença constante nas portarias da fábrica

Galeria de fotos: