Clube de Campo do sindicato já está aberto novamente e com novidades

Ampliação do deck aumentou espaço e criou uma sombra natural perto da piscina

Ampliação do deck aumentou espaço e criou uma sombra natural perto da piscina

O Clube de Campo do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT já está novamente aberto para os sócios da entidade e seus dependentes. Em horário ampliado: De terça a domingo, das 9h às 18h.

Durante o período de inverno, em que o clube ficou fechado, uma grande reforma foi feita ao redor da piscina, com a segunda ampliação do deck.

“A gente preservou uma árvore e fez o madeiramento do deck envolta dela. Ficou muito bonito. Com certeza, aquela sombra natural na beira da piscina vai ser bem disputada”, disse Romeu Martins, vice-presidente do sindicato.

A troca das caixas d’água foi outra melhoria realizada. Ela duplicou a reserva de água do clube, passando de 15 para 30 mil litros.

Novas grades nos quiosques mais altos foram instaladas para aumentar a segurança com as crianças e obras de conservação, como pintura e adequações no quadro de energia, também foram realizadas.

Veja galeria de fotos:

Mais tempo aberto. Segundo Romeu, o sindicato também ampliou o tempo que o clube fica aberto, que agora será permanente de terça a domingo, e não apenas durante o horário de verão.

“Em fábricas como a Novelis, que roda turno, e na Gerdau onde a jornada é de 6×2, há trabalhadores com folgas durante a semana, por isso o sindicato está fazendo esse esforço de manter o clube aberto para que esses companheiros tenham mais chances de aproveitar esse benefício”, disse.

Sugestões. O vice-presidente também parabenizou a participação dos sócios na busca de melhorias para o clube. “Ver o próprio sócio fazendo sugestões e dando ideias nos motiva bastante. É prova de que os sócios gostam do clube. Muito do que temos feito partiu dos próprios usuários e vamos continuar valorizando a opinião deles.”

Os dirigentes sindicais Sérgio Aparecido, André Luis e Romeu Martins, em visita ao clube logo após o término da obra

Os dirigentes sindicais Sérgio Aparecido, André Luis e Romeu Martins, em visita ao clube logo após o término da obra