Assembleia na Gerdau aprova proposta com abono e 13º salário integral

Após 2 paralisações com adesão total, Sindicato conseguiu proposta na negociação com a empresa

Os trabalhadores da fábrica Gerdau, em Pindamonhangaba, aprovaram em assembleia na manhã dessa terça-feira, dia 24, a proposta da Campanha Salarial.

A proposta foi apresentada após duas paralisações, uma no dia 10 de novembro e outra dia 15 de outubro.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a proposta consiste em um abono salarial de R$ 1.000 a ser pago a todos os trabalhadores, inclusive temporários, no próximo dia 4.

De acordo com o presidente do sindicato, André Oliveira, também está incluso na proposta a manutenção dos direitos, o pagamento do reajuste salarial, de 2,94%, retroativo à data-base, e o pagamento do 13° salário de forma integral para quem esteve em suspensão de contrato durante o ano.

“Ano passado chegou a ter greve pra ter esse abono. Esse ano com as mobilizações, mostrando adesão total, já conseguimos avançar, temos o abono e além disso o 13° integral. A empresa segue com produção alta e por isso o sindicato buscou uma proposta coerente com essa produção”, disse

A Gerdau atua no ramo do aço e tem cerca de 2.200 funcionários em Pindamonhangaba.