Após uma semana de greve, Hton retoma produção

Categoria aprova em assembleia cronograma de pagamento, que começou nesta segunda-feira, dia 22 (foto Benedito Irineu)

Categoria aprova em assembleia cronograma de pagamento, que começou nesta segunda-feira, dia 22 (foto Benedito Irineu)

Os funcionários da Hton retornaram ao trabalho nessa segunda-feira, dia 22, após mais de uma semana de greve por falta de pagamento de salários, que teve início no dia 12.

Os trabalhadores aprovaram em assembleia o acordo que a empresa apresentou ao Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT, com um cronograma para quitação de todas as pendências, inclusive com as multas pelo atraso estipuladas na Convenção Coletiva de Trabalho.

Segundo o secretário de comunicação do sindicato, Benedito Irineu, a primeira parte desse pagamento já ocorreu nesta segunda e também estão em questão outros itens como vale-transporte, alimentação, férias atrasadas, entre outros.

“Os donos venderam parte de seus bens pessoais pra fazer esse pagamento. Sabemos que ainda não é o ideal, os trabalhadores estão com contas atrasadas, mas precisávamos desse acordo para que a empresa consiga ao menos sair do vermelho e quitar o que deve. A situação é crítica e o sindicato tem que agir com muita responsabilidade”, disse.

A Hton emprega 25 funcionários na produção de placas eletrônicas no Distrito Industrial Santa Rita, próximo à Dutra.