Após reivindicação, GV do Brasil compra ambulância

Sindicato cobra veículo para emergência, como determina CCT, há quase 4 anos

Após vários protestos dos trabalhadores, a fábrica GV do Brasil, de Pindamonhangaba, adquiriu uma ambulância.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, até então não havia nenhum veículo reservado para emergências, como determina a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria.

O dirigente sindical Paceli Alves afirma que a medida é reivindicada há quase quatro anos.

“Falamos muito disso nos vários protestos por segurança que ocorreram na porta da fábrica. Eu mesmo por vezes acabei levando trabalhador ao hospital no meu carro, pra não ter que esperar um taxi chegar. Ainda tem muita reivindicação de segurança, mas com mobilização já se revolveu muita coisa também”, disse.