Após pressão do sindicato, Viva Pinda paga salários e férias atrasadas

Dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos participaram de ato dos Condutores

O Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba realizou um protesto na segunda-feira, dia 8, em frente ao guichê da empresa de transporte coletivo Viva Pinda, no centro de Pindamonhangaba. Dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos também participaram.

A Viva Pinda tem cerca de 100 funcionários. O ato cobrou o pagamento do salário referente a maio, que deveria ter sido pago na sexta-feira, dia 5, o vale-alimentação que deveria ter sido pago dia 20 de maio, e o pagamento de férias atrasas que foram dadas a um grupo de funcionários no dia 23 de março.

Segundo o dirigente sindical na Viva Pinda, Antonio Carlos – Cebola, após pressão do sindicato, o pagamento dos salários e das férias atrasadas foram realizados no final do dia. O sindicato continua reivindicando junto à empresa o pagamento do vale-alimentação.