2º turno elege nesta semana o novo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos

Mesmo sendo chapa única, participação dos trabalhadores nas urnas é importante para fortalecer a entidade. Dias 6, 7 e 8 em todas as fábricas

Vela, futuro presidente, junto ao atual presidente Renato Mamão, logo após assembleia em porta de fábrica

Vela, futuro presidente, junto ao atual presidente Renato Mamão, logo após assembleia em porta de fábrica

Nos próximos dias 6, 7 e 8 será realizado o segundo turno da eleição do Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba-CUT. Nesta etapa, será eleito o presidente junto com sua Direção Executiva, o Conselho da Direção e também o Conselho Fiscal da entidade.

O primeiro turno, que elegeu os 53 sindicalistas, ocorreu no começo de março.  De acordo com o atual presidente Renato Mamão, nesta etapa, haverá votação não apenas nos 16 comitês, mas em todas as fábricas ligadas ao sindicato.

Quem estiver de férias, afastado ou em lay-off, pode votar nas urnas que ficarão na sede e subsede do sindicato. “Reforço o pedido para que a categoria participe e exerça o direito do voto. Isso fortalece a representatividade do sindicato”, disse Mamão.

O segundo turno será de chapa única, que tem como presidente o atual secretário geral Herivelto Moraes – Vela, sindicalista pela Gerdau. Ele relembrou um pouco da história de luta sindical na sua fábrica nos últimos anos.

“As duas greves que marcaram a Gerdau no Brasil foram feitas em Pinda, por essa direção, nas campanhas salariais de 2011 e 2014. Mesmo em um ano difícil, como foi 2015, nós conseguimos pela primeira vez um acordo com garantia de emprego por um ano e o reajuste da inflação deste ano também já está garantido. Tudo isso é resultado da mobilização do trabalhador junto com seu sindicato”, disse Vela.